Atualidade

No Egito para recordar o encontro de Francisco e o Sultão


 Christian Media Center |  10 de Março de 2019

«Há oito séculos, Francisco, como observou o Papa, continua sendo uma profecia para  a humanidade». Em Damieta a abertura das comemorações do 8.º centenário.


Na sexta-feira, 1º de março, a primeira peregrinação foi realizada nos mesmos lugares do encontro em Damietta, ao norte do Cairo, às margens do Mar Mediterrâneo, no ponto de encontro com o Nilo. O cardeal Leonardo Sandri, Prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais e enviado do Papa, foi recebido pela governadora de Damietta, juntamente com o Ministro geral dos Frades menores, Fr. Michael Perry, Fr. Francesco Patton Custódio da Terra Santa, o Núncio Apostólico no Egito Monsenhor Bruno Musarò, Fr. Kamal Labib, Provincial da Província Franciscana da Sagrada Família no Egito, o Vigário Custodial Fr. Dobromir Jasztal, o Imã Mohamad Abd Fattah e as delegações dos frades menores de todo o Egito.

Um prêmio franciscano ao rei Abdallah da Jordânia

No dia 29 de março, os Frades Menores Conventuais de Assis entregarão a Lâmpada de São Francisco ao soberano hashemita, em reconhecimento à sua ação pela paz e pela harmonia.

No Egito, 800 anos depois, no sentido da fraternidade

A carta do Papa Francisco e a visita aos católicos egípcios do seu enviado especial, o Cardeal Sandri, abrem as celebrações em memória do encontro entre São Francisco e o Sultão.

Uma antiga cisterna em Jerusalém, recurso para o turismo?

Uma grande bacia da era bizantina, no subsolo de Jerusalém, poderá em breve se tornar um local aberto a turistas interessados ​​em arqueologia. As autoridades competentes divergem.

Na Jordânia, troca de saudações com o rei

Em nome do diálogo e da harmonia inter-religiosa, as saudações entre o soberano hashemita, o presidente palestino e as autoridades religiosas cristãs de Jerusalém.